Roma é o favorito para ganhar o Oscar em 2019 - e por um bom motivo. O filme de Alfonso Cuarón se destaca como um dos melhores lançamentos do ano, com uma história emotiva que nos transporta para a Cidade do México dos anos 1970.

Este filme segue a história de Cleo, uma empregada doméstica que trabalha para uma família de classe média. Cleo testemunha a vida cotidiana da família, enquanto também enfrenta seus próprios desafios pessoais.

A performance de Yalitza Aparicio, que interpreta Cleo, é excepcional. Ela traz uma autenticidade a cada cena que é rara de se ver nas telas.

Cuarón, que também escreveu e dirigiu Roma, mostra incrível habilidade na criação do filme. A cinematografia é de tirar o fôlego, capturando lindas imagens da Cidade do México e de seus transeuntes.

O roteiro é igualmente impressionante, bem escrito e executado. Ele traz à vida a história de Cleo e sua família, permitindo que o público se conecte emocionalmente com seus personagens e suas experiências.

Roma já ganhou vários prêmios, incluindo o Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza. É considerado um dos favoritos para ganhar o Oscar 2019 de Melhor Filme e Melhor Diretor.

Mas Roma não se trata apenas de ganhar prêmios. É um filme que é ao mesmo tempo íntimo e universal, uma obra de arte que ressoa no coração e na mente de seu público.

Cuarón dedicou Roma à sua própria empregada doméstica, Liboria Rodriguez, a quem ele agradeceu em seu discurso no Globo de Ouro. Isso mostra a paixão que ele tem pelo filme e a grande história que ele quer contar.

O público que ainda não viu Roma deve definitivamente assistir a este filme, mesmo que seja apenas para apreciar a sua arte e cinematografia. Seu impacto já se estendeu para muito além dos círculos de cinema, tocando as vidas de pessoas em todo o mundo.

A julgar pelo sucesso de Roma até agora, é seguro dizer que sua influência e relevância só vão crescer no futuro.